Assistência Social

Reunião para formação da Comissão Intersetorial de Direitos das Crianças e Adolescentes do Selo UNICEF

Na tarde do dia 11/04/2018 foi realizada reunião para formação da Comissão Intersetorial de Direitos das Crianças e Adolescentes do Selo UNICEF. 

O selo é uma iniciativa para melhorar as condições de vida das crianças e adolescentes de São João Batista,  através  da implementação e melhora das políticas públicas municipais. A formação da comissão  é necessária para planejar, executar, e acompanhar as ações previstas na metodologia do Selo Unicef. 

A comissão é composta por representantes de todas as secretarias municipais, organizações da sociedade civil e órgãos do Sistema de Garantia de  Direitos.

Participaram da reunião a articuladora e mobilizadora do Selo, Secretários Municipais de Educação, Assistência Social, Cultura e os secretários de Saúde e Administração  mandaram seus representantes, conselheiros tutelares e conselheiros de Direitos da criança e adolescente, técnicos das secretarias municipais, representantes do Fórum da Juventude e do Poder Judiciário e do Poder Legislativo, representado pelo vereadora Zilmara Serra.

Para ampliar o conhecimento e subtrair possíveis dúvidas será realizada no dia 20 de abril em São Luís a 2°capacitação do Selo Unicef, o município será representado pela presidente do CMDCA, Pérsia Figueiredo e a articuladora do Selo e assistente social, Taís  Campos. 

Na oportunidade também foi realizada a 1° reunião com adolescentes para a formação do Núcleo de Cidadania de Adolescentes - NUCA, que é umas das tarefas impostas pelo Unicef. A implementação do NUCA será para discussões dos adolescentes sobre questões importantes para o desenvolvimento que implementam ações  e levam suas reivindicações para a gestão municipal. 

Os adolescentes foram escolhidos através da indicação dos diretores das escolas do município, participação em grêmios estudantis e fórum da juventude.
A participação dos adolescentes é um direito e um instrumento para reinvidicar e enfrentar  vulnerabilidades visando superar desigualdades sociais.

Mais em Assistência Social


Receba nossa Newsletter. Deixe seu nome e e-mail!